Direitos Humanos, Preconceito e Racismo, Política

Negro Cidadão


Em 1995, foi lançada a cartilha “Negro Cidadão”, iniciativa da coordenação de então da Unegro/SP. Era o ano do tricentenário de Zumbi dos Palmares, quando foi organizado o Tribunal Zumbi, na Faculdade de Direito da USP que teve com “juiza” a então senadora Benedita da Silva, que condenou o racismo “à morte” (evento organizado pela Unegro e pelo Centro Santo Dias de Direitos Humanos); a Marcha Zumbi pela Cidadania e pela Vida e o Congresso Continental dos Povos Negros das Américas no Memorial da América Latina. A idéia da cartilha foi minha e do companheiro Salaciel Vilela que viabilizou a sua publicação por meio de apoio de várias entidades sindicais. O texto foi escrito por mim e os desenhos do cartunista Maurício Pestana. Um dos maiores sucessos foi o modelo de habeas corpus inserido no final da cartilha – qualquer pessoa pode impetrar um habeas corpus em favor de alguém que tenha sido preso sem mandado judicial ou sem flagrante.O documento está liberado para leitura e impressão. Os textos são de minha autoria e os desenhos, de Mauricio Pestana. Clique na imagem para ter acesso à íntegra da cartilha.

Capa da versão original da cartilha Negro Cidadão, lançada pela Unegro em 1995

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s