Uncategorized

Tecnologia das redes nas ruas do Egito


A terceira mesa do primeiro dia do Encontro Mundial dos Blogueiros trata das experiências africanas e asiáticas na blogosfera. O primeiro a falar foi o ativista e blogueiro Ahmed Bahgat que falou da experiência das mobilizações recentes no Egito. Bahgat afirma que as mobilizações aconteceram em um contexto de muito medo na sociedade civil por conta do regime repressivo de Barak.

Um dos problemas apontados pelo ativismo no Egito, segundo Bahgat, foi a minúscula inserção da internet na sociedade egípcia. A tecnologia de comunicação das redes sociais foi transplantada para as reuniões públicas – cada pessoa tinha 140 segundos para expressar sua opinião e foram definidos gestos de concordância ou discordância por parte das pessoas.

Bahgat diz que hoje é até divertido falar sobre isto, mas a experiência foi traumática – houve assassinatos em massa nestes conflitos. Muitos morreram por lutar pela liberdade. Hoje as repressões continuam com os generais no poder.

 

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s