Uncategorized

Serrano aponta limites das redes para a formação de uma consciência transformadora


Pascual Serrano, do site Rebelión iniciou os debates da tarde do I Encontro Mundial de Blogueiros, em Foz do Iguaçú. O jornalista da Espanha afirmou que vem de uma geração de profissionais anterior a esta disseminação das tecnologias da comunicação em rede. Por isto, fez um histórico da luta pela democratização da comunicação antes do surgimento da blogosfera.

Os meios alternativos, inclusive os blogs, desenvolveram inicialmente um papel de crítica e de geração da desconfiança das mensagens dos grandes meios de comunicação não obstante estes terem uma estrutura de produção informativa profissional e qualificada tecnicamente.

Após este primeiro momento, Serrano destaca o impacto com o surgimento do youtube que possibilitou que pequenos grupos psssassem a disseminar imagens de eventos e fatos, rompendo com o monopólio das grandes corporações,

Finalmente, surgem as redes sociais que permitiram a formação de um espaço importante alternativo de debate de idéias. As mobilizações da Primavera árabe é um grande exemplo do papel destas redes.

Serrano, entretanto, chama a atenção para a fragmentação do debate proporcionado por estas novas mediações tecnológicas. Se esta situação garante um livre fluxo de informações e mediações sociais, por outro lado dificulta a formação de um conhecimento mais articulado.

Pergunta Serrano: as redes possibilitaram as mobilizações e enxeram as ruas de gente mas garantiram também que se enxessem de conhecimento? As perspectivas políticas e analíticas destes movimentos são precárias, segundo Serrano. “Que profundidade pode se ter em mensagens de 140 caracteres de um twitter ou de um vídeo de 4 minutos do youtube? As pessoas não querem mais ler uma reportagem de 4 páginas!” constata,

Além disto, as redes também geram incertezas. Uma transformação radical necessita, segundo Serrano, de uma reflexão muito mais profunda do que possibilita as redes sociais.

O Encontro Mundial de Blogueiros realiza-se de 27 a 29 de outubro em Foz de Iguaçú, dentro da sede da Itaipu Binacional. O encontro foi aberto ontem com evento musical e uma sessão solene. O evento é organizado pelo Centro de Mídia Alternativa Barão de Itararé e a Altercom (Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores de Comunicação Alternativa).

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s