Uncategorized

Mìdia se preocupa mais com Asange que os crimes de guerra, afirma Wikileaks


Kristtin Hafrison, porta-voz do Wikileaks, afirmou agora há pouco na mesa de abertura do I Encontro Mundial de Blogueiros, em Foz do Iguaçú, que a mídia tradicional se preocupou muito mais com a figura de Julian Assange que a apuração dos crimes de guerra denunciados. Para ele, a tendência da mídia tradicional se preocupar com as notícias de celebridades demonstra a decadência da mídia em cumprir o seu papel de fomentar o debate público.

O portal Wikileaks sofre uma pressão por parte das empresas Visa, Mastercard, PayPal, Wester Union que bloquearam as doações feitas ao portal. Apesar disto, o porta-voz do Wikileaks disse que ele não morreu e a partir de 28 de novembro retornará com um sistema mais avançado para possibilitar a colaboração dos leitores na busca de informações.

O Encontro Mundial de Blogueiros realiza-se de 27 a 29 de outubro em Foz de Iguaçú, dentro da sede da Itaipu Binacional. O encontro foi aberto ontem com evento musical e uma sessão solene. O evento é organizado pelo Centro de Mídia Alternativa Barão de Itararé e a Altercom (Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores de Comunicação Alternativa).

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s