Política

Compare argumentos


População espreme-se na estação Barra Funda na hora do "rush"

Nestes tempos de eleições, recebemos muitas mensagens a favor de um(a) ou outr@ candidat@. Porém, o que me ajuda a tomar uma posição – além das minhas convicções – é o fundo ético das argumentações. Abaixo, transcrevo duas mensagens que recebi recentemente, uma criticando o PSDB e outra criticando o Lula e a Dilma. Para efeitos de comparação de lógicas de argumentações, transcrevo ambas, sendo que a primeira mandou com uma foto (acima).
Primeira mensagem: contra o PSDB

Em anexo, imagem que registrei ontem na saída do trem na estação Barra Funda. Caos, desrespeito a população, a gente simples, à locomotiva que dirige esse país: o povo! Trabalhador só se fode!!!!!! Não tem nem o direito de um transporte coletivo digno pra retornar À sua casa com o mínimo de conforto. Conforto? Desde quando boiada precisa de conforto? Deve ser assim que o governo de São Paulo pensa, há exatos 20 anos!!!! VINTE ANOS DE PSDB.
E o que ouvi dentro do trem é que na terça-feira tinha sido ainda pior! Pior? Pior que ficar 25 minutos pra conseguir sair da plataforma? Pior que ficar espremida dentro do trem de modo a quase nem ter mais oxigênio? Ninguém saía, ninguém entrava, população revoltada, coisa tão simples de resolver: coloca-se mais trens, mais gente pra trabalhar (o que é bom pro índice do desemprego cair)… E ai vc tá ali dentro, naquele inferno e ainda é obrigado a se deparar com cartazes colados na parede: GOVERNO DE SAO PAULO TRABALHANDO POR VC!!! É ou não é uma maravilha?
A gente ouve rap, musica do gueto, de manifesto, revolucionárias, procura se alinhar aos pensamentos da população desfavorecida (ja que de cá vinhemos!), procura valorizar artistas periféricos, se valorizar enquanto periferia, expurga o tempo inteiro a cultura elitizada, mete o pau em quem fala difícil, até mesmo em quem é diplomado (como se o diploma fosse condição ou sinônimo de metidez!) e aí… vota no PSDB. Que tem claro, em sua cartilha, a defesa a políticas oligárquicas, políticas dominantes. Acho isso incrível, e um tanto quanto contraditório.
Ver um milionário lá dá minha faculdade defender o Serra por estar sendo demasiadamente tributado pelo governo atual, em sua empresa que super-fatura milhões por ano, é super-aceitável! Agora ver um colega meu, aliado, do gueto defendendo os mesmos (des)valores é realmente revoltante!
Chego a pensar (desanimadamente) que certas condições mundanas são merecidas. E que o lugar que cada um exerce nesse mundo realmente depende de cada um. Mas somente em conjunto (defesa de direitos e deveres coletivos relativos a essa condição) é que podemos senão mudar por completo, mas dizer algo a um sistema que nos surra e nos faz pensar (e acreditar!) que merecemos estar onde estamos!!!! E nós NÃO merecemos. Não nessas condições!

Segunda mensagem: contra Lula e Dilma

Importante esclarecimento:
Se esta mensagem circular de maneira vigorosa, o Jornal Nacional vai ter que enfrentar o Lula e perguntar aquilo que todos nós queremos saber.
Queremos que Bonner e Fátima façam as perguntas a Lula que o Reinaldo Azevedo sugere para a entrevista do Jornal Nacional:
1) O senhor prometeu criar 10 milhões de empregos e chegará ao fim do mandato criando quatro milhões. Neste tempo, a renda da classe média caiu, e os empregos gerados se concentram na faixa de até 2 salários mínimos. A chamada distribuição de renda do seu governo não se faz à custa do empobrecimento dos menos pobres?
2) O Senhor disse que banqueiro lucra no seu governo e, por isso, não precisa de Proer. O Senhor sabe quantos Proers o Brasil paga por ano para sustentar os juros reais mais altos do mundo?
3) O seu filho, até bem pouco tempo antes de o Senhor assumir a Presidência, era monitor de Jardim Zoológico e, hoje, já é um empresário que a gente poderia classificar de milionário. O Senhor não acha uma ascensão muito rápida?
4) Genoino sabia do mensalão. Silvio Pereira sabia do mensalão. Dirceu sabia do mensalão. Ministros foram avisados do mensalão.
Só o senhor, da cúpula, não saberia. O senhor não acha que, nesse caso, não saber é tão grave quanto saber? E se houver mais irregularidades feitas por amigos seus que o senhor ignore?
5) Presidente, na sua gestão, as invasões de terra triplicaram, caiu o número de assentamentos e mais do que dobrou o número de mortos no campo. Como o senhor defende a sua política de reforma agrária?
6) O senhor não tem vergonha de subir em palanque onde estão mensaleiros e sanguessugas?
7) Presidente, em 2002, o Brasil exportava a metade do que exporta hoje, e o risco país era sete ou oito vezes maior. O país pagava 11% de juros reais. Hoje, continuamos a pagar mais de 10%. Como o senhor explica isso?
8) Em 2002, o governo FHC que o Senhor tanto critica repassou para São Paulo, na área de segurança, R$ 223,2 milhões.
Em 2005, o seu governo repassou apenas R$ 29,6 milhões. Só o seu avião custou R$ 125 milhões.
Não é muito pouco o que foi dado ao Estado que tem 40% da população carcerária do país?
9) Quando o Senhor assumiu, o agro negócio respondia por mais de 60% do superávit comercial. Quase quatro anos depois, o setor está quebrado, devendo R$ 50 bilhões. O Senhor não acha que o seu governo foi um desastre na área?
Esta é uma corrente… .
Funciona assim:
Se você passar este e-mail para pelo menos 10 outras pessoas e estas passarem para outras 10, e assim por diante, ao final de outubro um milagre irá acontecer e beneficiará você e sua família e a todas as famílias que repassaram esta corrente .Já se você simplesmente ignorar esta corrente, não a repassando, ao final de outubro você será amaldiçoado com o pior de todos os pesadelos: aturar a “perereca ignorante“ por quatro longos anos de sua vida!!!!
Pense bem !!
Vamos relembrar
as “qualidades” do nosso Presidente :
-ele não estudou;
-ele NUNCA trabalhou, apesar de ser “Líder” dos trabalhadores;
-ele tem um belo salário como Presidente;
-ele tem um belo salário do Partido, sem trabalhar;
-ele também recebe pensão como ANISTIADO (????)
-ele tem aposentadoria;
-ele tem filhos estudando no exterior;
-ele não paga aluguel da mansão onde mora;
-ele desconhece os preços de supermercado, padaria ,farmácia, açougue, etc;
-ele viaja ( e muito ) de avião luxuoso comprado com nosso dinheiro só para ele;
-ele tem carros;
-ele não fala inglês, espanhol ou outra língua, nem o português;
-ele tem ternos italianos;
-ele tem fazendas;
-ele não tem experiência administrativa ;
-ele não tem humildade;
-ele traiu todos seus compromissos de campanha;
-ele defende, hoje, tudo quanto atacava e era contra na política do Presidente anterior;
-ele não tem vergonha em dizer que “é do povo”, mesmo vivendo como um rei .
Detalhe:
“O NOSSO PRESIDENTE”, se quisesse, não poderia ser um GARI DE RUA.
O concurso de GARI exige ensino fundamental.
Não se esqueçam!
Foi a Internet que ganhou o plebiscito do desarmamento.
Portanto, podemos vencer essa eleição também, se nos concentrarmos em um candidato melhor que o Lula.
Com ela: PODE FICAR MUITO PIOR.
Vamos fazer a nossa parte.
Encaminhe essa mensagem a TODOS que você conhece
“Pensamentos tornam-se ações, ações tornam-se hábitos, hábitos tornam-se caráter, e nosso caráter torna-se nosso destino”.

Comparem os argumentos: enquanto o primeiro é um desabafo de ter que enfrentar as péssimas condições do transporte coletivo e NÃO FAZ NENHUM ATAQUE PESSOAL ao candidato do PSDB, o segundo é um destilar de preconceitos de todo o tipo. Incomoda o presidente não ter curso superior (falando, inclusive, uma mentira ao dizer que o presidente Lula não tem o curso primário; ele tem o curso técnico do SENAI), de não falar inglês e morar no palácio presidencial. É machista ao chamar a candidata Dilma de “perereca ignorante”. Mas o mais interessante deste email é falar que o presidente Lula “não tem humildade” que significa dizer que “ele não sabe o seu devido lugar”. É  a mesma história do “preto bonzinho” que abaixa a cabeça para o seu “sinhô”.

O primeiro texto é um desabafo de alguém inconformado com o desrespeito que a população sofre nos serviços públicos. O segundo é o desabafo de alguém incomodado com o fato de “subalternos atrevidos”: trabalhador@s, nordestin@s, mulheres que ousam – (ora, mas que atevimento!) – serem presidentes da República. Para estes, lugar de trabalhador é na fábrica e na periferia, lugar de mulher é na cozinha. Felizmente, o país está se civilizando e idéias como estas só terão espaço na lata do lixo… ou nas páginas da revista Veja, que é a mesma coisa.

Anúncios
Standard

3 thoughts on “Compare argumentos

  1. Tâmara Pacheco diz:

    Dennis. Obrigada por clarear sempre nossas idéias. É isso ai. Temos que votar em quem nos representa dignamente. ehhh utopia. Beijos e força na peruca.

  2. É, Dennis, você se lembra da ” elite branca” a quem o Claudio Lembo se referiu certa feita? Pois essa gente da segunda mensagem nem elite branca é. É uma classe “mérdia” que se julga o umbigo do mundo. Eles não têm nem idéia da gente que vive em seu país. Eles nunca viajaram pelo Brasil e se o fizeram foi daquela maneira clássica dos resorts: sem contato com os “nativos”. E dá-lhe prestação no cartão de crédito. Mas o que mais ofende mesmo não é a quantidade de preconceitos deles: é sua burrice – crônica pela falta de boa informação. E vamos que vamos, que este país vai mudar pra melhor!

  3. Pingback: Os números de 2010 | Blog do Dennis – "Escrevo o que quero"

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s